O PRIMEIRO MÊS ANTI-COLONIAL DE BERLIM

Este ano, entre 12 de outubro, o ponto de partida da colonização dos continentes americanos em 1492 e 15 de novembro, o dia de abertura da conferência de Berlim no Congo, que decidiu pela divisão colonial da África em 1884, vários coletivos migrantes estão organizando uma série de ações e eventos em Berlim, no primeiro mês anti-colonial.

O colonialismo está longe de terminar. A rápida destruição da natureza, os genocídios contra negros e indígenas, assassinatos e repressão contra líderes sociais e políticos, repressão estatal contra migrantes e refugiados, fortalecimento de fronteiras e escalada de racismo e guerras – tudo isso é conseqüência de um sistema de destruição imposta ao Sul Global por meio da violência. Mais de 500 anos depois, a mesma violência ainda existe, bem escondida da vida dos privilegiados nas metrópoles, na Europa e na Alemanha. Apesar de tudo isso, a resistência dos povos colonizados também tem sido forte e persistente, desde o primeiro dia de opressão, exploração e dominação. Hoje, desde as revoltas no Haiti, Sudão e Argélia, aos defensores indígenas do Amazonas, povos do Oriente Médio e Filipinas, além de migrantes, refugiados, romanichéis, judeus e outros povos colonizados internamente na Europa, em todos os países. cantos do mundo, a resistência de nossos povos, defendendo a própria vida, está viva e merece nosso apoio.

A verdadeira solidariedade é baseada na compreensão e ação concreta em nossas vidas diárias. É por isso que queremos abrir um espaço para nos conhecermos e aprendermos uns com os outros. O mês anticolonial de 2019 será o primeiro passo em nossos esforços para fortalecer a solidariedade internacionalista entre nossos movimentos anticoloniais, unir as diversas lutas e mostrar que estamos aqui, que somos muitos e que nunca iremos nos curvar.


Chamada para Participação

Este é um convite principalmente a migrantes, pessoas de cor e membros de comunidades colonizadas, indivíduos e coletivos para participar do Mês Anticolonial descentralizado, do Fórum Anticolonial (5 e 6 de outubro) em New Yorck / Bethanien e da Marcha Anticolonial (12 de outubro às 15:00), de acordo com suas próprias possibilidades e demandas. Mas todo mundo que quer se tornar parte dos esforços para tecer nossas histórias, nossas lutas e imaginações é mais que bem-vindo.

Se você deseja organizar uma ação ou evento e incluí-lo em nosso programa, ou se deseja apenas mais informações, entre em contato conosco!


Mês Anti-colonial


Fórum Anti-colonial

05/10 à 06/10
Bethanien – Mariannenplatz 2, 10997 Berlin


Contato